segunda-feira, 18 de agosto de 2014

DEBATE NO CAMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA

Nesta sexta-feira, às 10h, teve início oficialmente a campanha eleitoral dos candidatos ao cargo de diretor geral do Câmpus Pelotas Visconde da Graça. Álvaro Nebel e Marcos Anciuti discutiram, por quase duas horas, as suas propostas para o futuro do Câmpus.

Na abertura, o candidato Álvaro Nebel lamentou o novo processo eleitoral, que anulou apenas uma parte de um processo eleitoral legítimo realizado em 2012, mas afirmou que considera que todo processo de avaliação de uma gestão é positivo e que esta eleição será um grande momento de reflexão e avaliação. Já o candidato Marcos Anciuti, que participou da gestão do ex-diretor Ricardo Sainz, enfatizou a sua proposta de planejamento, diálogo, construção e atitude.

No bloco de perguntas entre os candidatos, algumas polêmicas foram levantadas como a origem dos recursos para custear a formatura de todos os estudantes do EAD, promessa de campanha de Anciuti, que o candidato limitou-se a responder que virá de recursos já existentes. Marcos aproveitou para questionar Nebel sobre a sua proposta para solucionar a falta de integração entre os cursos, o ex-diretor defendeu que a solução está na continuidade de um trabalho que já estava sendo desenvolvido em sua gestão.

No bloco em que a comunidade teve a oportunidade de fazer perguntas, os candidatos falaram sobre temas: greve, a situação dos cursos superiores, a realização de mais reuniões de ensino, a função social da escola e a origem das obras desenvolvidas ao longo do último ano. Neste momento foram trocadas algumas respostas mais ríspidas, como a acusação, feita por Álvaro, de que alguns interessados teriam utilizado-se de uma greve nacional para construir uma oposição.

No encerramento os dois candidatos tiveram cinco minutos para defender suas candidaturas. O primeiro a falar foi Álvaro Nebel, que iniciou agradecendo a todos os que participaram deste primeiro ano de sua gestão e que acreditaram no projeto proposto por ele. Fez uma breve retomada da situação da escola quando sua gestão assumiu e dos avanços conquistados até o momento, pediu aos presentes que fizessem a mesma avaliação e, com base nela, escolhessem o melhor caminho para escola. "Aquele que retoma uma gestão que deixou a escola na situação crítica que encontramos ano passado, inclusive liderada pelo atual candidato da oposição em diversos momentos, ou a gestão que iniciou o processo de mudança? Não vamos deixar que nos tomem novamente a escola de assalto" concluiu Nebel.

Já Marcos Anciuti afirmou, categoricamente, que não representa a gestão do professor Sainz, e que, inclusive, rompeu com esta em determinado momento. Que sua gestão representa um grupo de pessoas que se reuniu neste ano para discutir o regimento interno da escola e que, inconformadas com algumas situações, buscam em sua candidatura a oportunidade de mudança. O candidato afirmou que busca planejamento, que ninguém mais pense um curso sozinho, mas que estes sejam fruto do coletivo. E concluiu, "Neste dia 20 vocês terão a tranquilidade de poder colocar o voto em Marcos Anciuti". 






AGENDA SINASEFE

DATA

EVENTO

LOCAL

21 e 22/08

GT Carreira

Brasília-DF

23 e 24/08

126ª PLENA

Brasília-DF

25 e 26/08

Reunião da Comissão de Análise de Regulamentos (CAR) e do Conselho Permanente para o Reconhecimento de Saberes e Competências (CPRSC)

Brasília-DF

27/08

Reunião do Fórum de Entidades dos SPF

Brasília-DF

28 e 29/08

Reunião com Setec/MEC, Segep/MPOG e Fasubra para debater nossa pauta de reivindicações da greve

Brasília-DF

29, 30 e 31/08

Reunião da Coordenação Nacional da CSP-Conlutas

São Paulo-SP

07/09

Grito dos Excluídos

Todo o país

08, 09 e 10/09

VIII Fórum Nacional de CIS

Vitória-ES

11/09

Reunião com Setec/MEC, Sesu/MEC, Segep/MPOG e Andes-SN para debater nossa pauta de reivindicações da greve

Brasília-DF

25/09

Reunião com Setec/MEC, Segep/MPOG, MD e Andes-SN para debater nossa pauta de reivindicações da greve

Brasília-DF

GT CARREIRA




126ª PLENA: CONVOCATÓRIA





terça-feira, 12 de agosto de 2014

SINASEFE-IFSul NO ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2014

Mais de dois mil representantes de movimentos sociais, sindicais e populares de todo o país debateram os rumos da educação no Brasil.

Representantes dos movimentos sindicais, sociais e populares de todo país reuniram-se no último final de semana, de 8 a 10 de agosto, no Rio de Janeiro para debater os rumos da educação no país no Encontro Nacional de Educação. 

Mais de dois mil participantes, representando todas as regiões do Brasil, se reuniram para discutir ações de luta em resposta ao processo de aprofundamento da precarização e mercantilização da educação pública no Brasil. A coordenadora de ação, Maria Lúcia Monteiro e o representante de base do Câmpus Visconde da Graça, Vitor Dias, representaram o SINASEFE-IFSul no ENE 2014.

Na abertura do encontro, sexta-feira (08), dois mil manifestantes ocuparam as ruas do Rio de Janeiro na marcha em defesa da educação pública, laica e de qualidade. Com palavras de ordem como "Educação não dá pra esperar, é 10% do PIB já!", professores, estudantes, técnicos, funcionários e outras categorias que atuam no setor da educação, marcaram presença no ato.

Durante os três dias do Encontro foram debatidos os temas nos encontros regionais preparatórios realizados nos estados durante o primeiro semestre como o financiamento da educação, passe livre e transporte público, democratização da educação, avaliação e meritocracia, privatização e mercantilização da educação, a precarização das condições de trabalho, acesso e permanência.

Na plenária final, foi feita a leitura da carta do Rio de Janeiro, manifesto do Encontro Nacional de Educação, que traz a sistematização dos sete eixos que nortearam os debates tanto do evento nacional quanto dos encontros preparatórios, realizados no primeiro semestre deste ano. No documento, aclamado pela plenária, os participantes indicaram a constituição de comitês estaduais em defesa da escola pública, a realização, nos estados, na segunda quinzena de outubro, de um dia de luta em defesa da educação pública e a realização, em 2016, do II Encontro Nacional de Educação, precedido de encontros estaduais.

As propostas apresentadas serão incluídas nos anais do Encontro, servindo de base para as próximas discussões, além disso será elaborada uma cartilha com a plataforma de lutas em defesa da educação apontada pelo encontro.

Encontro Nacional de Educação

O Encontro Nacional da Educação é organizado pelo Comitê Executivo Nacional da Campanha pelos 10% do PIB para a Educação Pública, Já!, que reúne entidades como o ANDES-SN, o Sinasefe, a CSP-Conlutas, a Anel, a Oposição de Esquerda da União Nacional dos Estudantes (UNE), a EXNEEF, o CFESS, entre outras entidades e movimentos sociais.




quinta-feira, 7 de agosto de 2014


ELEIÇÃO COORDENAÇÃO DE APOSENTADOS

Tendo em vista que não houveram candidatos inscritos no prazo estipulado no cronograma da eleição, a diretoria da Seção Sindical decidiu prorrogar até esta sexta-feira (08/08) o período de inscrições.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

CHEGOU A HORA DO ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Após meses de organização, debates e atividades preparatórios, é chegada a hora do Encontro Nacional de Educação 2014. O SINASEFE-IFSul participou das diversas etapas preparatórias que ocorreram na região e estará, neste final de semana, carregando novamente a bandeira da educação pública, gratuita, laica, socialmente referenciada e de boa qualidade defendida por nosso Sindicato.

O Encontro Nacional de Educação ocorre nos dias 8, 9 e 10 de agosto, no Rio de Janeiro, e representa mais um passo na luta das entidades classistas  e movimentos sociais contra o desmonte na educação pública .

Confira os sete eixos do ENE:

Financiamento: A luta pelos 10% do PIB para educação continua. Defendemos a destinação imediata dos recursos e que sejam exclusivamente para a educação pública.

Privatização e Mercantilização: Pedimos o fim do processo de privatização da educação pública, como a execução da recursos por grupos de pesquisa em aplicações privadas e a apropriação de espaços e equipamentos público. A educação privada avança com incentivo de recursos públicos, enquanto a educação pública é sucateada.

Precarização: A expansão da rede federal sem o investimento necessário tem deixado frutos amargos para os servidores da educação. Atualmente são inúmeros professores(as) que acumulam mais que o dobro de estudantes recomendado e técnico-administrativos(as) sobrecarregados e/ou em desvio de função. O aumento dos postos de trabalho terceirizado, que acentua as desigualdades também precisa ser denunciado.

Passe livre: A luta pelo transporte público, impulsionada pelos protestos de 2013, continua em pauta. A mobilidade urbana é um problema na sociedade atual, compreendemos que ele não deve ser tratado como mercadoria, mas como um direito da classe trabalhadora e dos estudantes.

Democratização: Lutamos por uma construção democrática e efetivamente participativa da educação em nosso país.

Acesso e Permanência: Embora o acesso à educação apresente avanços nos últimos anos, ainda está condicionado a métodos ultrapassados. A permanência dos estudantes na rede é ainda pior, agravada pela quase inexistência de assistência estudantil.

Avaliação meritocrática: É necessária uma revisão do atual sistema de avaliação, tanto para os trabalhadores como para os estudantes, que considere as diferenças e que permita efetivos avanços.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

CENTRO DE FORMAÇÃO DO SINASEFE

A Direção Nacional do SINASEFE formalizou nesta segunda-feira, 04, a compra do terreno para construção do futuro Centro de Formação do Sindicato.
O lote de 1.000 m², localizado no N​úcleo Bandeirante, em Brasília-DF, foi entregue nesta segunda-feira ao SINASEFE. A compra do terreno foi aprovada em dezembro, na 119ª Plenária Nacional.





sexta-feira, 1 de agosto de 2014

CHÁ DOS APOSENTADOS


​Nesta quinta-feira (31) foi realizado mais uma edição do "chá dos aposentados", onde os colegas tiveram um momento para colocar a conversa em dia e saborear chá com bolo e uma variedade de salgados.
Na oportunidade, os Coordenadores de Ação, Marco Antonio Luz, Maria Lucia Monteiro e Rogério Guimarães divulgaram o processo eleitoral para escolha de Coordenador(a) de Aposentados(as), sendo que a eleição ocorrerá no próximo dia 11/8.




quinta-feira, 31 de julho de 2014

MANUTENÇÃO DE REGIME DE PREVIDENCIA EM POSSE DE NOVO CARGO

Docentes federais que antes exerciam cargos estaduais ou municipais não podem ser obrigatoriamente incluídos na previdência complementar

 

Aqueles que assumiram cargo público federal após a instituição do Regime de Previdência Complementar - RPC, já fazendo parte do serviço público estadual ou municipal antes dessa data, podem escolher seu regime de previdência

 

A Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí (ADUFPI/SSIND), por meio de ação judicial, garantiu o direito dos professores que já exerciam cargos nas esferas municipal e estadual e fizeram novo concurso para o serviço público federal após a instituição do Regime de Previdência Complementar – RPC a serem incluídos neste apenas mediante opção.

 

A lei instituidora do RPC determina que aqueles que ingressaram no serviço público a partir da vigência desse novo regime (cujo início se deu em 04/02/13 no âmbito do Poder Executivo, em 07/05/2013 no Poder Legislativo e em 14/10/2013 no Poder Judiciário) estão automaticamente vinculados a ele, submetidos ao teto do Regime Geral de Previdência Social (RGPS). Já os servidores que ingressaram antes da vigência do novo regime têm a opção de se vincular ou não a essa nova regra.

 

A decisão liminar menciona que os docentes que já ocupavam cargos em outros órgãos ou esferas da Administração Pública e não interromperam seu vínculo não podem ser compelidos à inclusão no RPC ao assumir novo cargo, pois a legislação não faz distinção quanto à instituição pública pela qual ocorreu o ingresso no serviço público.

 

A decisão ainda está sujeita a confirmação por sentença e a recursos aos tribunais.

 

Fonte: Wagner Advogados Associados com informações do processo nº 27283-07.2013.4.01.4000/PI.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

MESA DE NEGOCIAÇÃO COM O GOVERNO: A PRIMEIRA DE MUITAS BATALHAS

Na última sexta-feira, 25, o SINASEFE reuniu-se novamente com representantes do Governo para debater a pauta de negociações específicas da Greve 2014. Este foi o terceiro encontro realizado e o primeiro em que se avançou efetivamente na negociação da pauta, nos dois primeiros foi organizada uma agenda de negociação.

Restrições no estágio probatório para os TAE: O governo se comprometeu a defender, junto a assessoria parlamentar, instrumento que seja de mais rápida aprovação enfatizando a posição do SINASEFE. Também se mostraram favoráveis ao pedido de formalização do fim das restrições/limitações ainda existentes no PCCTAE quanto à permissão, independente do tempo de ocupado no cargo e/ou instituição, de afastamento para participar de programa de pós-graduação stricto sensu  ou de pós-doutorado. Ambas as solicitações ficam dependendo de uma exposição formal dos motivos da solicitação por parte do Sindicato Nacional.

Janela EBF para EBTT: Com relação a reabertura do termo de opção para que os professores que ainda compõem a Carreira da EBF possam passar para a Carreira da EBTT o MEC  o MEC repetiu o pedido de exposição de motivos e pautou uma nova confecção de PL à qual o  SINASEFE respondeu mais uma vez de maneira imediata, com o documento já pronto. Sem argumentos para negar a solicitação, foi  problematizada a inclusão dos servidores do Ex-Território, pensionistas e aposentados, que deverá ser tratada futuramente com a presença do Ministério do Planejamento. 

Nos dias 14 e 15 de agosto uma nova rodada de negociação será realizada, dessa vez com a participação do MPOG e do Conif. Será retomada a negociação das nossas demandas com a Setec e o MPOG e esperamos conquistar avanços.



terça-feira, 29 de julho de 2014

ELEIÇÃO PARA COORDENAÇÃO DE APOSENTADOS

Tendo em vista ao pedido de demissão da Coordenadora dos Aposentados, regimentalmente a Direção Executiva da Seção Sindical do IFSul está promovendo novo processo eleitoral.
Os(as) aposentados(as) em dia com suas obrigações regimentais poderão se candidatar. Veja o calendário:

CALENDÁRIO

DIA

EVENTO

29/7

Divulgação na página

31/7

Divulgação no chá dos aposentados

1º a 6/8

Período de inscrições de candidatos

7/8

Homologação dos candidatos

11/8

- Eleição (na sede)

9:00 as 11:30 e 14:30 as 17:00

- Escrutínio

- Homologação do resultado

- Divulgação

12/8

Recursos

13/8

Homologação final do resultado

CHÁ DOS APOSENTADOS

Nesta próxima quinta-feira (31) vai acontecer o tradicional "chá dos aposentados", evento que visa a confraternização dos colegas que muito contribuíram para o engrandecimento da ETP/ETFPEL/CEFET-RS/IFSUL. O chá será realizado no CTG Carreteiros do Sul, câmpus Pelotas, as 15 horas.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

SINASEFE LUTANDO PELOS APOSENTADOS

No último dia 16, em reunião realizada na Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (ANFIP) foi aprovado o encaminhamento para exigir a aprovação da PEC 555/2006 (que extingue a contribuição previdenciária para aposentados).

Esta proposta de Emenda à Constituição está pronta para votação na Câmara e já recebeu mais de 600 requerimentos de inclusão na pauta, porém a bancada governista não se interessa em aprová-la.

Além da PEC 555/2006, o grupo debateu a necessidade de aprovação do PL 4434/2008, o qual corrige as aposentadorias do INSS com base no número de salários à época da concessão.

As entidades representadas (SINASEFE, COBAP, MOSAP, SINAIT, SINAL, SINDIFISCO Nacional e SINPOL-DF, ANDES, CSP-Conlutas, CSPB, dentre outras) definiram a criação de um comitê que vai articular ações para o lançamento nacional da campanha pela aprovação das medidas entre os dias 5 e 6 de agosto.

Outra ação é os filiados ativos e aposentados realizarem ligações telefônicas para a Câmara dos Deputados, no número 0800 619 619, solicitando a inclusão da PEC 555/2006 e do PL 4434//2008 na pauta de votações do Plenário.

NOVO CARTÃO SINASEFE

Desde ontem (23) os filiados podem retirar o novo cartão SINASEFE-IFSul/Cristal Card para utilizá-lo em compras em empresas conveniadas.
O cartão poderá ser retirado na sede do Sindicato.


sexta-feira, 18 de julho de 2014

ELEIÇÃO ANULADA NO CAVG

O juíz Cláudio Gonzales Valério, da 1ª Vara Federal de Pelotas, proferiu sentença anulando o resultado do processo de eleição para o cargo de Diretor Geral do Câmpus Pelotas - Visconde da Graça. 
O magistrado julgou parcialmente procedente, determinando novo processo eleitoral no prazo máximo de 45 dias e o afastamento do atual Diretor Geral, Prof. Álvaro Nebel, e sua substituição por uma pessoa indicada pelo Conselho Superior do IFSul.
À sentença expedida, cabe recurso.

Hoje (18), as 16 horas, acontecerá reunião geral no Câmpus Pelotas - Visconde da Graça, quando este assunto será debatido com a comunidade da Instituição.

REPRESENTANTES DE BASE DE VENÂNCIO AIRES

Em reunião dos servidores do câmpus Venâncio Aires foram escolhidos os representantes da base para atuarem junto à Seção Sindical IFSul do SINASEFE.
Foram escolhidos o docente Itamar Luis Hammes (titular),a técnica-administrativa Ruti Angela Barbosa Oliveira (titular) e o técnico-administrativo Marcelo Leivas Lucena (suplente).

Segundo Rogério Guimarães, Coordenador de Ação da Seção Sindical IFSul, já estão escolhidos os representantes de base dos câmpus Bagé, Santana do Livramento, Pelotas - Visconde da Graça e agora Venâncio Aires, sendo que os câmpus Camaquã e Pelotas serão os próximos a terem seus representantes eleitos. O processo de implantação do Conselho de Representantes de Base dos Câmpus está quase concluído e em seguida acontecerá a primeira reunião com os companheiros. 

quinta-feira, 17 de julho de 2014

REUNIÃO DO REITOR NO CAMPUS CAVG

O reitor do Instituto Federal Sul-rio-grandense, Marcelo Bender, participou na manhã de quarta-feira, 16, de uma reunião ampliada com os servidores do Câmpus Pelotas Visconde da Graça. A reunião foi a primeira atividade do Comando de Mobilização do CAVG após a suspensão da Greve.

Os servidores tiveram a oportunidade de externar para o reitor os anseios no Câmpus e ouvir diretamente do gestor as propostas de encaminhamento para a pauta local. Bender afirmou que está aberto para o debate e se comprometeu em abrir quantos grupos de trabalho forem necessários para buscar soluções às demandas apresentadas. Além dos dois GTs acertados na reunião do dia 09/7 na reitoria, um novo grupo de trabalho para estudar os concursos públicos foi encaminhado.

O reitor reafirmou o seu compromisso de negociar com o prefeito Eduardo Leite a situação da segurança no trânsito no acesso ao CAVG. O presidente da Câmara de Vereadores de Pelotas, Ademar Ornel, também participou da reunião e se comprometeu em apoiar o reitor na negociação com a prefeitura.

Os servidores participaram intensamente do debate e retomaram a importante questão sobre o papel do Visconde da Graça no Instituto. O reitor reafirmou a importância do CAVG para o IFSul e propôs um pacto entre administração e servidores para que a partir de agora todos trabalhem em conjunto em prol do Câmpus.

 
 




segunda-feira, 14 de julho de 2014

NOVO CARTÃO SINASEFE IFSUL

O SINASEFE IFSul assinou nesta segunda-feira, 14, uma nova parceria de cartão de compras para os sindicalizados. O cartão poderá ser utilizado em farmácias, óticas, postos de gasolina e supermercados conveniados. 


Todo servidor terá um limite pré-aprovado, podendo antecipar este valor do salário através do cartão. Dependentes também poderão receber um cartão, que terá limite compartilhado com o titular.


Os novos cartões estarão disponíveis, para retirada na sede do Sindicato, a partir do dia 23 de julho. Para retirar o cartão é necessário apresentar o último contra cheque e não estar em dívida com o Sindicato.


Poderão retirar os cartões, neste momento, os sindicalizados lotados no Câmpus Pelotas, Pelotas - Visconde da Graça e Reitoria. Os demais sindicalizados serão notificados em breve. Para consultar saldos, limites e rede credenciada acesse o site da operadora http://cristalcard.com.br.





VACINA CONTRA GRIPE

Os sindicalizados que não fazem parte de nenhum grupo de risco e tem interesse em vacinar-se contra a gripe A, podem fazer a vacina pelo valor de R$30,00 em laboratório conveniado ao SINASEFE IFSul.

Para mais informações entrar em contato com a secretaria do Sindicato pelo telefones (53) 3027 6100 e (53) 3028 6077.

HAPPY HOUR PRESTIGIADO

O jantar mensal (happy hour) promovido pela Seção Sindical contou com o prestigio de muitos ​filiados e amigos. O cardápio preparado pelo companheiro Padilha agradou aos presentes, sendo muito elogiado o seu trabalho.Os funcionários do SINASEFE não mediram esforços para dar suporte na organização e realização do evento.
Em agosto tem mais. Participem.

 
 
 











quinta-feira, 10 de julho de 2014

GREVE NO CAVG É SUSPENSA

Em assembleia realizada nesta quinta-feira, 10, os servidores do Câmpus Pelotas Visconde da Graça decidiram pela suspensão da greve a partir do dia 14 de julho. O movimento paredista, que durou mais de setenta dias, foi suspenso com base nos últimos avanços das negociações, tanto nacionais como locais.

Em reunião realizada com o MEC em Brasília na última quarta-feira, 9, foi elaborado um indicativo de cronograma com reuniões quinzenais para abordar os pontos de pauta apresentados pelo SINASEFE. Este foi o primeiro avanço nas negociações da pauta nacional dos servidores.

A pauta local também apresentou importantes avanços, em reunião realizada com a reitoria do Instituto, na última quarta-feira, foi acordada a criação de grupos de trabalho com as pró-reitorias que buscarão de soluções para as demandas como ponto eletrônico e o sistema de gerenciamento do registro acadêmico. Em relação a segurança no acesso ao Câmpus, o reitor Marcelo Bender se comprometeu de solicitar, pessoalmente, ao prefeito Eduardo Leite as adequações necessárias. Bender afirmou ainda que está cobrando da administração municipal a construção de ciclofaixas de acesso aos dois Câmpus do IFSul em Pelotas, assim como foi feito para a UFPel.

Por e-mail, o diretor do Câmpus Visconde da Graça, Álvaro Nebel, manifestou o seu apoio à luta dos servidores e propôs a criação de grupos de trabalho para discutir com a comunidade os pontos da pauta local e buscar soluções conjuntas.

O CAVG retoma as atividades letivas na próximas segunda-feira, 14, mas o estado de Greve será mantido até o final das negociações do Sindicato Nacional com o MEC, durante este período diversas atividades de mobilização e debate serão realizadas. Na próxima quarta-feira, 16, ocorrerá uma reunião ampliada com o reitor Marcelo Bender, onde a comunidade terá a oportunidade de discutir com o gestor as demandas do Câmpus.

Um novo calendário acadêmico deverá ser definido nos próximos dias, com a participação da comunidade e da direção do Câmpus. Durante a reunião ampliada do dia 17, os servidores deverão aprovar a proposta da categoria para a recuperação dos dias letivos.